//Blog
26 de janeiro de 2016
Compartilhe:

Armazenamento de dados: como reduzir custos e melhorar segurança e performance?

Devido ao grande volume de dados, muitas pequenas e médias empresas têm informações em excesso a serem armazenadas em diversos servidores. O que muitos gestores não sabem, é que utilizar um Storage, pode ser uma opção muito melhor.  

Seja ao trocar o sistema de armazenamento, ou implementando-o do zero, são várias as vantagens. Detecção, previsão e resolução de problemas, além da agilidade do gerenciamento, são apenas algumas das suas características. Quer entender um pouco mais? Então leia este post e saiba por que é interessante investir em um Storage!

Esta é uma dúvida que acomete muitos gestores de pequenas e médias empresas na sua jornada de crescimento. Em algum momento será necessário reavaliar todo o ambiente de TI e redefinir as estratégias de armazenamento das informações e dos sistemas. Um dos problemas mais frequentemente encontrados, é a imensa quantidade de recursos ociosos ou subaproveitados.

Ao adquirir servidores para as aplicações corporativas, é uma prática comum dimensionarmos suas configurações de forma a prever o crescimento. Neste momento, uma certa ociosidade de recursos é aceitável, pois garante o suporte necessário para a expansão dos negócios. Entretanto essa expansão muitas vezes exige novas aplicações, novos sistema e… novos servidores! Multiplique por 10, e ficará fácil perceber que a ociosidade se transformou em desperdício. E os discos para armazenamento são os grandes vilões nesta história.

A melhor resposta para este desafio está na consolidação. A adoção de um Storage para consolidar todos os discos e centralizar o armazenamento traz muitos benefícios para as organizações. Vejamos alguns:

O Storage é escalável

O Storage tem algumas características próprias que pode deixar sua empresa à frente de qualquer concorrente em ambos os quesitos. Afinal, com o uso dele, além do melhor aproveitamento dos recursos, ainda há uma economia relativa aos gastos de energia.

Para ilustrar isso, tomemos como exemplo, uma empresa que tem alguns servidores à sua disposição. Nesse cenário, prevendo crescimento e expansão, é bem provável que todos eles tenham uma capacidade de disco superior às necessidades imediatas.

Agora imagine a quantidade de recursos de disco que ficarão ociosos em cada um desses servidores. Isso poderia ser facilmente evitado com a adoção de um Storage, onde tudo fica consolidado num único equipamento que é facilmente escalável.

Além disso, um Storage ligado durante um dia inteiro consome muito menos energia do que um servidor, devido ao seu foco total no armazenamento de dados. Ou seja, toda essa ociosidade pode ser revertida tanto num melhor aproveitamento, quanto num racionamento de luz.

É possível reduzir drasticamente a quantidade de recursos de disco ociosos com a centralização do armazenamento em um único equipamento e praticamente todos os modelos de Storage disponíveis atualmente, permitem o crescimento por módulos. Ao invés de se provisionar uma capacidade adicional em cada equipamento, para cada aplicação em cada servidor, podemos provisionar uma única capacidade adicional para suportar o rápido crescimento e que atenderá a todas as aplicações, já que todas elas estão centralizadas em um único equipamento dedicado. Quando o negócio demandar mais recursos, basta adquirir módulos adicionais de expansão, e todas as aplicações terão mais recursos à disposição.

O Storage é seguro

Uma das grandes vantagens do Storage é o seu zelo pela segurança. A primeira característica que engloba isso são os seus componentes internos redundantes. Eles são apenas dispositivos encontrados na maioria dos Storages que alimentam todo o sistema em funcionamento no caso de alguma falha. Ou seja, eles praticamente nunca param!

A segunda característica é a sua replicação de dados: todas as informações podem ser replicadas em dois equipamentos de prédios, bairros, ou até cidades diferentes. Assim, as informações continuam protegidas e acessíveis.

Outro ponto favorável são os sensores que identificam comportamentos anormais, alertando os gestores que poderão resolver o problema com antecedência. Alguns fabricantes, como a HPE (Hewlett Packard Enterprise), ainda oferecem garantia em casos de pré falha. A peça que está — ou que ficará — defeituosa é imediatamente substituída.

Com tantos recursos avançados da virtualização de servidores, além das ferramentas de monitoramento e de análise, é possível entender o que está acontecendo no Storage e premeditar ações em casos irreversíveis. Definitivamente esse é um equipamento que deixa o ambiente empresarial muito mais seguro.  

O Storage é projetado para nunca parar de funcionar! Componentes redundantes garantem que, em caso de falha, um sistema de emergência assuma o funcionamento da peça com defeito e mantenha tudo funcionando.

Sensores internos monitoram o funcionamento de todos os componentes e avisam em caso de falha ou comportamento inadequado. Alguns fabricantes, como a HPE (Hewlett Packard Enterprise), ainda oferecem garantia em casos de pré-falha. A peça que está — ou que ficará — defeituosa é rapidamente substituída.

Para aumentar ainda mais a segurança, algoritmos internos e poderosas ferramentas de software, habilitam o Storage a replicar todos os dados em outro Storage, que pode ficar na sala e na cidade ao lado, ou até do outro lado do mundo. É a proteção da proteção!

O Storage tem alta performance

Com os mais avançados sistemas, como os processadores com foco total no armazenamento de dados, o desempenho de um Storage é excelente. Graças à tecnologia SSD tem-se uma alta performance mesmo com poucos discos. Isso porque, diferentemente dos servidores comuns, os Storages fazem uso de softwares que eliminam dados duplicados, oferecendo assim, um resultado muito melhor.

Essa solução pode ser vista na prática ao utilizar a busca. Em um servidor comum, ela pode ser muito lenta devido aos seus diversos discos e ao uso de técnicas antigas, já em um Storage tudo é tão fácil como em uma pesquisa feita no Google!

Munidos de controladores com processadores poderosos dedicados somente ao controle do armazenamento, a velocidade de resposta de um Storage, tende a ser muito maior se comparado ao uso de discos internos nos servidores. Quando falamos de equipamentos com discos tradicionais, é uma questão mecânica: quanto mais discos, melhor será a performance do sistema. Nos sistemas que utilizam os modernos discos SSD, é possível obter alta performance com poucos discos. Neste caso são os softwares de desduplicação de dados que entregam o grande benefício, já que permitem uma drástica redução no consumo de espaço ao eliminar dados duplicados.

Ficou interessado em saber mais sobre como um Storage pode ajudar o seu negócio a crescer? Entre em contato conosco!

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Whatsapp
Fecha Menu

//SOLICITAR ORÇAMENTO







    Receba uma solução personalizada, fruto de um trabalho de pesquisa, análise e arquitetura, realizada por nossos especialistas em tecnologia e liderada pelo nosso time de negócios, com um objetivo comum: entregar resultados concretos para o seu negócio.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.