11 de maio de 2018

Segurança e mobilidade: 5 maneiras de se ter um sem abrir mão do outro

Os líderes corporativos de hoje sabem que precisam de segurança e mobilidade. Mobilidade, que trouxe benefícios diversos, mas também novas ameaças e perigos. Quando falamos da segurança de dados empresariais, estamos tratando de um ponto delicado e que requer bastante atenção. Por isso, existem algumas práticas para que a mobilidade e segurança caminhem juntas, Acompanhe nosso post e descubra quais são elas.

1. Tenha uma estratégia para segurança móvel na empresa

Centenas de dispositivos móveis são levados até a rede da sua empresa diariamente, realizando backups automáticos, fazendo uploads e downloads de diversas informações, entre outras ações. Contudo, muitas redes corporativas não foram dimensionadas prevendo a velocidade de adoção profissional destes dispositivos e podem não estar preparadas para atender a esta demanda. Por isso, trace uma estratégia para a segurança móvel na sua empresa.

2. Use encriptação de dados sigilosos que estão na nuvem

digitalização de documentos trouxe bastante mobilidade, mas também preocupações quanto à segurança das informações que podem ser acessadas de qualquer lugar. As vantagens de usar encriptação de alguns documentos é que eles ficam seguros tanto internamente quanto externamente.

3. Faça o monitoramento

Hoje, é cada vez mais frequente a prática do BYOD (ou “traga seu próprio dispositivo”, em inglês) nas empresas. Seja o smartphone, o tablet ou até mesmo o laptop pessoal, esses dispositivos representam uma nova gama de problemas para a TI. É essencial estabelecer diretrizes e políticas quanto ao uso desses aparelhos, mas também implementar tecnologias para auxiliar nesse ponto.

Em médias e grandes empresas, é humanamente impossível configurar restrições de acesso manualmente em todos os dispositivos dos funcionários. Portanto, a automação desse processo é o caminho natural para garantir a segurança das informações empresariais, sem proibir ou inibir o uso dos dispositivos particulares na empresa. Já existem softwares para tal fim. O ClearPass da Aruba, por exemplo, emite certificados que garantem a navegação segura na maior parte dos sistemas operacionais atuais.

4. Eduque

As pessoas têm a tendência de desligar as opções de segurança de seus dispositivos, como firewalls, ou realizar o jailbreak em alguns dispositivos. Isso os torna mais vulneráveis e, uma vez que esse usuário lidará com dados da empresa, será necessário orientá-lo sobre as melhores práticas de uso de dispositivos e qual o impacto de não se atentar a essas preocupações, tanto na vida pessoal quanto para a empresa.

5. Tenha uma política global de uso

Já batemos bastante nessa tecla aqui, mas não custa reforçar: as pessoas levarão dispositivos para a empresa e também utilizarão a nuvem quando trabalharem em casa, ou mesmo viajando a serviço. Portanto, é necessário ter bem esclarecido o uso dos dispositivos e o consumo e compartilhamento de informações da empresa. Realizar auditorias também pode ser eficiente para entender melhor como e onde estão ocorrendo brechas e corrigi-las.

Sabemos que a mobilidade é um caminho sem volta e que traz ótimos frutos, com pessoas produzindo mais e melhor e maior agilidade na implementação de novos aplicativos e soluções na empresa. Entretanto, a segurança sempre será uma preocupação à medida que novas tecnologias surgem. Por isso, gostaríamos de ouvir de você: como está lidando com a mobilidade e a segurança na sua empresa? Tem enfrentado algum tipo de problema? Comente no post e vamos conversar!

sercompe_wp4
Posts made: 50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
You May Also Like