9 de outubro de 2019

Quando e como fazer o refresh tecnológico do seu Datacenter?

Refresh significa revitalização, atualização. Para garantir a produtividade dos processos e negócios que suporta, a infraestrutura precisa ser atualizada periodicamente.

Os equipamentos de infraestrutura de um Datacenter (servidores, storages, no-breaks, etc.) passam por constante evolução e exigem manutenções frequentes (corretivas, preventivas e de expansão) para manter a sua disponibilidade, alta performance e conformidade com as necessidades empresariais. Para saber quando e como fazer um refresh tecnológico, leve em consideração os pontos que serão abordados no post de hoje. Confira!

Vida útil

É difícil precisar a média de vida útil de um equipamento de infraestrutura de TI. A qualidade da tecnologia de produção empregada atualmente, em conjunto com a utilização em ambiente adequado pode manter uma máquina funcionando por décadas sem apresentar problemas. Entretanto, a velocidade de crescimento dos negócios e as demandas crescentes por produtividade exigem que as empresas reavaliem sua infraestrutura periodicamente, e na maioria dos casos, acabem por substituir os equipamentos a cada 3 ou 5 anos para poderem acompanhar estas novas demandas.

Evolução de demanda

Geralmente, uma empresa cresce em número de usuários de TI, número de sistemas informatizados e aplicativos instalados, passando a ter maior volume de tráfego e armazenamento de dados. Nesse sentido, a demanda de recursos dos servidores e storages aumenta, podendo esgotar a capacidade de memória, processamento ou armazenamento disponíveis no ambiente tecnológico da empresa — o que vai demandar adequações.

Atualmente, a adoção de soluções de BIG DATA, tão importante para a tomada de decisões estratégicas nas empresas, tem exigido investimentos importantes em equipamentos para garantir a performance necessária para agilidade nos processos.

Datacenter próprio x terceirizado

Muitos gestores preferem que sua empresa seja proprietária de todos os equipamentos do Datacenter. Contudo, devem considerar que a cada 3 anos, em média, deverão ter recursos disponíveis para adquirir equipamentos mais modernos. Uma saída para viabilizar esse investimento é o leasing. Esse contrato de arrendamento mercantil possibilita a aquisição de equipamentos mediante o pagamento de mensalidades.

Geralmente, o leasing de TI tem duração de 36 meses e, ao final, possibilita ao contratante trocar todos os equipamentos por versões mais modernas, bastando realizar a renovação do contrato. Nesse momento, a empresa pode optar pela padronização dos equipamentos, adquirindo-os de um só fornecedor, o que viabiliza a negociação de descontos expressivos, facilita o seu gerenciamento e confere total compatibilidade técnica e tecnológica.

Outras organizações optam por terceirizar em parte ou totalmente os serviços de TI, contratando fornecedores de cloud computing (computação na nuvem) e/ou Datacenters externos, por exemplo.

A infraestrutura de um Datacenter de última geração promove a redução do consumo anual de energia elétrica. Permite, também, reduzir a quantidade de servidores, pois os modelos atuais têm capacidade instalada muito superior, com alto nível de performance e tamanhos mais compactos, otimizando o uso do espaço físico. Todos esses fatores contribuem para que o retorno do investimento ocorra em muito menos tempo.

Agora que você já sabe quando e como fazer o refresh tecnológico do seu Datacenter, curta nossa página no Facebook para acompanhar nossas novidades!

sercompe_wp4
Posts made: 50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
You May Also Like