Blog Sercompe

Fique por dentro das novidades

8 de maio de 2020

Como a Inteligência Artificial ajuda a transformar a área da saúde

SERCOMPE_POST_019-2

Não é novidade para ninguém de que a Inteligência Artificial tem tomado conta de diversos segmentos, não é mesmo? E na área da saúde não poderia ser diferente. Hoje, com a digitalização dos dados, é o ingrediente que ajuda a impulsionar a eficácia da tecnologia relacionada à saúde. 

O termo Inteligência Artificial por muito tempo foi um assunto que fazia parte apenas dos filmes de ficção científica, longe de ser algo que poderia entrar em nossa realidade. Mas graças aos avanços da tecnologia, ela está cada vez mais presente em nossa vida.

E para entender um pouco mais desse mundo, preparamos este conteúdo. Confira com a gente!

O que é a Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) é um campo da ciência da computação que foi desenvolvida com o objetivo de criar dispositivos/sistemas que sejam capazes de simular ações humanas, como por exemplo, raciocinar, tomar decisões, perceber coisas e resolver problemas. 

E devido ao desenvolvimento e aperfeiçoamento da informática, novos dados podem ser rapidamente incorporados à Inteligência Artificial, como é o caso da saúde  — que iremos abordar em breve.

O Machine Learning (que em português significa Aprendizado de Máquina) por sua vez, é o sistema capaz de aprender sozinho. O ML pode ser considerado como uma segunda etapa da IA, onde, após o desenvolvimento do sistema que executa uma função humana, é possível ‘treiná-lo’ para aprender e se aperfeiçoar sozinho.

Além disso, o termo IA foi criado em 1956, mas só se popularizou hoje por conta dos gradativos volumes de dados disponíveis, algoritmos avançados, e melhorias no controle e no armazenamento computacionais.

As primeiras pesquisas feitas sobre a IA foram em 1950, explorando temas como a solução de problemas. Logo na década de 1960, o Departamento de Defesa dos EUA ficou interessado por essa tecnologia e começou a praticar e treinar os computadores para imitar o raciocínio humano.

Um exemplo de como tudo começou, foi da Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA), que efetuou um projeto de mapeamento de ruas nos anos de 1970 e, a partir daí, começou a desenvolver assistentes pessoais inteligentes em 2003. Muito antes da Siri (Apple), Alexa (Amazon) ou Cortana (Microsoft) serem conhecidas em nosso cotidiano.

E assim, os trabalhos com a utilização da IA foram caminhando para a automação e raciocínio formal, como vemos hoje em dia nos computadores, sistemas de apoio à tomada de decisão e sistemas inteligente, que podem ser criados para complementar e melhorar ainda mais a capacidade humana.

Inteligência Artificial na área da saúde

É visível o impacto que a Inteligência Artificial tem causado na evolução tecnológica de diversos setores da indústria e mercado. E com isso, é a vez de falar sobre como ela vem transformando a área da saúde. 

A Inteligência Artificial na saúde busca facilitar muitos processos no cotidiano de profissionais e empresas. Essa capacidade é utilizada em processos técnicos, logísticos e principalmente no desenvolvimento de novas tecnologias que apliquem a IA.

Nesse sentido, a IA na saúde tem objetivos que procuram melhorar e transformar os processos e procedimentos clínicos, desde a indústria médica na fabricação de medicamentos, até o atendimento e histórico de diagnósticos de cada paciente. 

Conheça as melhorias efetuadas na área da saúde com as novas tecnologias:

Desenvolvimento de softwares

Com todo o avanço da tecnologia, os softwares desenvolvidos para o setor da saúde são muito mais eficazes e melhoram a cada passar de tempo. Eles possibilitam ter um histórico completo do paciente de forma mais ágil e precisa. 

Além disso, ela pode melhorar no atendimento ao cliente na hora de efetuar os prontuários de maneira eletrônica, para que cada paciente tenha seus dados e informações salvas de forma segura e com mais detalhes do que quando documentados em papel. 

Avanço no desenvolvimento de tratamentos e descobertas de novas doenças

Sem dúvidas, a área do avanço no desenvolvimento de novos tratamentos e descobertas de doenças é um dos processos mais importantes. A tecnologia desenvolvida promove avanços para o tratamento de inúmeras doenças graves, como a do câncer, por exemplo.

Esse é apenas uma das pontas que a utilização da IA oferece para a medicina e seus tratamentos. Além disso, é possível também descobrir novos padrões de doenças que surgem no ser humano ao longo do tempo.

Esse conjunto de dados é um avanço muito importante no setor, porque permite acelerar o processo de descobrimento de remédios e tratamentos, antecipando futuros problemas.

Busca inteligente dos sintomas dos pacientes

Com a Inteligência Artificial já é possível entender de maneira rápida e eficiente qual o problema do paciente por busca inteligente dos sintomas. Já existem softwares que procuram por doenças de acordo com os sintomas apresentados pelo paciente através do seu histórico.

Dessa forma, fica muito mais fácil e seguro descobrir qual a doença que o paciente tem, não necessitando de um médico para fazer essa verificação dos sintomas.

Diagnósticos e análises mais exatas

Com a ajuda da IA, a análise e diagnósticos de saúde são mais precisos e eficientes, visto que existem doenças que são mais difíceis de serem identificadas no início, e que podem trazer sérios problemas ao paciente. 

Notificação de mudanças no corpo humano

As notificações de mudanças no corpo do paciente para com os profissionais da saúde, é feita de maneira instantânea com a utilização de novas tecnologias. Essa notificação permite que os profissionais registrem no prontuário eletrônico todas essas mudanças de maneira mais precisa, facilitando assim, próximos eventuais atendimentos daquele paciente. 

Uso do big data

Como já sabemos, a Inteligência Artifical trabalha com muitas informações, usando o big data para obter o máximo de dados possíveis de acordo com sua programação. Ou seja, para a área da saúde, o uso da base de dados é benéfica por conta de estar sempre completa e atualizada sobre as mudanças do setor. 

Cirurgias com uso de robôs e assistentes virtuais

Esse é com certeza um dos meios que ninguém acreditaria anos atrás, o uso de robôs e assistentes virtuais para realizar procedimentos cirúrgicos. Esses processos são feitos com maior segurança e precisão, não apenas em cirurgias, mas também em outras operações médicas.

A própria HPE tem fornecido soluções juntamente com a IA para a área de saúde e as ciências da vida há décadas, e nós temos a visão e as soluções necessárias para criar as combinações certas para os seus casos de uso digitais específicos. Usando a combinação e a experiência certa, irá acelerar ainda mais os resultados certos para você e sua empresa.

Contudo, a Inteligência Artificial pode beneficiar não só a área  da saúde, mas como diverso outros setores pelo mundo. E para ficar por dentro de mais conteúdos como este, clique aqui e acesse nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *