Case Sesa

“O processo foi bem organizado, tivemos reuniões antes da entrega do equipamento e ativação e as instalações foram feitas dentro do programado. Foi tudo muito bem organizado entre a Sercompe, a HPE e a SESA”.

Manoel Pires de Paiva
Gerente de TI da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná 


Sobre a Sesa:

A Sesa busca garantir atenção à saúde para a população com qualidade e equidade. Sendo uma instituição inovadora, busca se tornar Modelo de Gestão em Saúde Pública no Brasil, articulada com outras áreas governamentais e sociedade civil, garantindo qualidade de vida a todo cidadão paranaense.

Como fizemos:

Dispondo de uma ampla estrutura física, com unidades em todo o estado, a Secretaria de Saúde do Paraná (SESA) atua em prol da saúde, bem-estar e da qualidade de vida da população. Comporta 22 unidades de Saúde Regionais, 22 unidades de Hemoterapia, 22 Farmácias de Medicamentos Especializados, 17 hospitais, laboratórios e diversas unidades administrativas, que juntas, somam aproximadamente 90 pontos distribuídos pelo Paraná.

A fim de promover melhorias contínuas de estrutura e atendimento, a SESA procurou modernizar suas instalações com uma solução capaz de integrar sua base de dados, oferecer maior capacidade de expansão de armazenamento e mais segurança. Além disso, necessitava de melhorias no acesso às informações, dos sistemas, tanto de base Nacional como os Desenvolvidos pela SESA, com o intuito de agilizar e organizar o acesso às informações de saúde pública. Para dinamizar essa infraestrutura com o que há de mais avançado tecnologicamente, a Sercompe foi a empresa escolhida por meio de licitação.

A solução proposta foi a de centralizar os usuários do sistema em uma única base de dados consolidada e qualificada. Para isso, foram utilizados dois equipamentos modelo HPE Converged System (CS250), com capacidade de 24 Terabytes e que oferecem soluções de virtualização, armazenamento de dados e conexões integrados na fábrica. Essa foi a primeira implementação desta solução convergente da HPE no Brasil.

Inovação para a Sercompe

“Além de ser um novo cliente da Sercompe, essa solução foi comercializada pela primeira vez no Brasil. Apesar disso, o time da Sercompe não enfrentou dificuldades para a implementação. O processo foi transparente e a experiência operacional foi fundamental para o processo.”
Marcelo Porto, account manager da Sercompe

A solução CS250 possibilita que de maneira remota, por um único local, uma pessoa controle a operação e o gerenciamento. Isso é possível, já que a HPE possui soluções proativas, que sinalizam prováveis falhas e proporcionam abertura de chamado ao suporte técnico sem a necessidade de intervenção humana. Dessa forma, o cliente não precisa estar no ambiente para que seja identificada uma possível falha no equipamento, nem ao menos se preocupar em fazer uma ligação telefônica para abrir o chamado de suporte de soluções.

Servidor ágil para o SESA

Por estarem obsoletos, os servidores de torre geravam muitos problemas. Centralizar as operações nesse sistema convergente é uma ação que trará um ganho muito grande em suporte e manutenção, além de facilitar o gerenciamento da rede e a atualização dos servidores. A ação também permitirá estruturar as bases históricas de saúde para gerar informações e realizar predições e análises estatísticas mais elaboradas. Haverá ainda, redução no consumo de energia elétrica e ampliação de espaço, tendo em vista que a solução aplicada é compacta.

“A solução facilitou a interface de comunicação do servidor, além de deixá-lo mais rápido. O processo foi bem organizado. Tivemos reuniões antes da entrega do equipamento, ativação e as instalações foram feitas dentro do programado. Tudo foi muito bem organizado entre a Sercompe, a HPE e a SESA”. Manoel Pires de Paiva, gerente de TI da SESA

Hoje, o datacenter da SESA possui ambiente certificado e garantido por cinco anos, com tempo de solução para cada componente de até seis horas para que, em caso de falha, ela não seja sentida pelo usuário. Além disso, a solução garantiu mais produtividade e eficiência energética.

  • Fazer predições e análises estatísticas mais elaboradas;
  • Estruturar a base histórica dos pacientes;
  • Consolidar em um único ambiente o processamento e armazenamento de dados dos usuários da Secretaria Estadual de Saúde Pública do Paraná – SESA;
  • 2 equipamentos modelo HPE Converged System (CS250)
  • Arquitetura, implementação e documentação da solução por meio de Serviços HPE e Sercompe.
  • Realizar predições e análises estatísticas mais elaboradas;
  • Estruturar a base de dados histórica;
  • Economia de energia;
  • Economia de espaço físico;
  • Maior agilidade, segurança a estabilidade do servidor;
  • Capacidade para comportar mais volume de informações;
  • Fácil interface de comunicação;
  • Economia com suporte e manutenção do sistema;
  • Mais facilidade para gerenciar a rede e atualizar o servidor.